My blog in your language

sábado, 29 de agosto de 2015

O doce sabor da conquista que é só sua



  Oi amados! No último post deixei umas reticências para pensarmos sobre isso.... Por que nem sempre as pessoas ficam felizes com as nossas conquistas? Irei contar uma para ilustrar a questão. Eu e meu marido viemos morar juntos com o nosso filho meio que no susto, um dia conto tudo que aconteceu, mas não teve essa de festa de casamento seguida de viagens, casa toda montada e depois filhos. Então, como eu e ele trabalhamos muito e temos contas e nosso filho lindo, fica meio que claro que não sobrava dinheiro para comprarmos tudo que uma casa precisava. Mas economizamos e compramos quase tudo há muito pouco tempo. Só que nem todos gostaram.... Para minha tristeza, percebi que aqueles que vinham por aqui e mal viam uma cama no nosso quarto e as coisas do filho (e mais quase nada) riam muito desse fato, mas depois que a casa ficou linda...parece que isso os deixou tristes. Como pode? Eu sempre fiquei feliz pelas conquistas dos demais, então, o tamanho da decepção quando vejo alguém chateado com as minhas e tentando diminuí-las é inenarrável! E isto me incomodava demais, a ponto de eu abafar meus sonhos, como se não fossem possíveis ou corretos, sabe? Pena que eu entendi há pouco tempo o quanto tempo eu perdi pensando no que os outros iriam achar Irei correr atrás do aprendizado obtido e seguir em frente. Podem esperar!

2 comentários:

  1. Na elegante e fina escrita da tua pena

    Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
    Ou esperar pelo adormecimento inadiável
    Com o gesto sereno e demorado da ternura
    Com o acordar do amor rompendo o improvável


    Um radioso fim de semana



    Doce beijo

    ResponderExcluir
  2. Na elegante e fina escrita da tua pena

    Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
    Ou esperar pelo adormecimento inadiável
    Com o gesto sereno e demorado da ternura
    Com o acordar do amor rompendo o improvável


    Um radioso fim de semana



    Doce beijo

    ResponderExcluir